Publicações Recentes

Passagens

curadoria; Juan Esteves


Mostra fotográfica no Espaço Cultural Conjunto Nacional de 10 de abril a 1º de maio de 2016, traz o trabalho de sete fotógrafos cuja preocupação e estilo transitam pelo autoral e conceitual revelando uma tendência contemporânea da fotografia como meio inserido dentro do escopo da arte brasileira.

A questão da temporalidade dentro da arte é cultivada pelos autores através de diferentes técnicas cuja ênfase recai nas suas expressões mais pessoais, trabalhando a criação de grafismos, fusões, meios diferenciados e sobretudo um conteúdo de caráter ontológico.


Ana Magalhães, é já uma artista consagrada através de suas esculturas com mostras importantes no MUBE, Galeria Arte Aplicada, Centro Britânico, Sesc Pompéia, Transit Galerie, em Berlim, Alemanha entre outras mostras, cuja preocupação se materializa na bidimensional do papel fotográfico em contrapartida aos seus trabalhos tridimencionais.


Maria Cecília São Thiago trabalha com mídias digitais de alta performance, produzido ou recriando imagens através de diferentes aplicativos compondo uma paleta própria e essencialmente autoral. Seus personagens são resultado de inúmeras camadas de imagens que se condicionam em uma única imagem. Seus trabalhos já foram mostrados na Featured-Human-Photographers do The New Era Museum, no Festival de Fotografia Foto em Pauta Tiradentes e teve suas fotografias Expostas na Prefeitura de Honfleur e Pont LÉvêquena Normandia, França - na Africa do Sul e em Kiev, Ukrania pelo

Electronic Social Art Group.

Suely Amorim é arquiteta de formação e atualmente desenvolve trabalho autoral através de pesquisa e experimentação em fotografia infravermelha obtendo resultados instigantes e belos onde sonho e realidade se fundem em imagens de pura poesia. Seus trabalhos já foram mostrados no Festival Foto em Pauta Tiradentes, MG, e na Galeria Nicoli em São Paulo.


Sandra Audujas trabalha com fusões fotográficas a partir de imagens capturadas na natureza. Suas formas orgânicas sobrepostas criam novas formas cujo abstracionismo é calcado no exercício da cor como forma. Suas fotografias já foram expostas na Galeria Daratal Tasweer, Aman, na Jordânia, no IPC, Iraque Photographic Center, em Bagdá, Iraque e em Erbil, no Curdistão, Galeria Verve em São Paulo e na mostra Respira São Paulo, no Conjunto Nacional.


Marcos Kawall, produz imagens fotográfica de pura abstração. Criada através de movimentos, em uma técnica desenvolvida por ele, seus organismos se tornam grafismos que sugerem a transposição do tempo. É fotógrafo desde 1986 trabalhando como colaborador para Folha de S.Paulo e Revista Fluir. Participou das Exposições reSPira São Paulo (Cjto Nacional), Luz (Pq Água Branca), Fauna SP (Pq Ibirapuera) e do Festival de Fotografia de Tiradentes-MG.


Roberto Alves Lima, é um autor preocupado com a passagem do tempo cuja obra encontra seus ecos nas arquiteturas do abandono, onde a visibilidade temporal é mais premente. É um herdeiro legítimo de fotógrafos como o canadense Robert Polidori. Participou da mostra Respira São Paulo, no Conjunto Nacional, na Galeria Olido e na Estação do Metrô Clínicas.


Pamela Facco, vem trabalhando há alguns anos a presença humana inserida nos grandes espaços naturais. Ela mostra sua pesquisa de alguns anos com os personagens insulares cuja alegoria a solidão temporal é expressa de forma poética e por ângulos inusitados. Ela foi ganhadora do Sony Internacional Award Brasil em 2012, fazendo residência em Londres. Também participou da mostra Ritos e Rituais no Festival Foto em Pauta Tiradentes, de 2016, bem como de diversas mostras pelo Brasil


Juan Esteves é fotógrafo e crítico de fotografia, articulista de revistas como Fotografe Melhor, Select e Santa Art Magazine, entre outras. Vem trabalhando como curador em diversas mostras e festivais, onde se destacam o Festival Internacional de Fotografia Paraty em Foco, o Festival Foto em Pauta Tiradentes, Mostra Respira São Paulo, Fotografia na Mostra de Economia Criativa Escola São Paulo, e na curadoria e edição de livros de fotógrafos como João Caldas, Ana Lucia Mariz, Mauricio de Paiva, entre outros.

Seus trabalhos estão nas coleções do MASP, MAM-SP, MAM-RJ, Pinacoteca do Estado de São Paulo, Itau Cultural, Fundação Iberê Camargo, Museu Oscar Niemeyer entre outras, participando de cerca de 180 mostras em países como Brasil, EUA, França, Holanda, Alemanha e Japão. Foi fotógrafo e editor de Fotografia da Folha de S.Paulo, onde escreveu sobre fotografia no Caderno Ilustrada. É autor de 5 livros autorais e participa em mais de 200 publicações na Espanha, Inglaterra, Itália, Japão, China, Portugal, Dinamarca, entre outros países..




Espaço Cultural Conjunto Nacional

Av.Paulista 2073, Consolação, São Paulo ( Proximo do metrô Consolação)

Segundas e Sábados, das 9 as 21 hs, Domingos e Feriados das 12 as 21 horas.


#exposição